Google+ Followers

Rosca de batata doce com castanhas: maná ainda existe?

Existe no livro de Êxodo da Bíblia uma narrativa sobre o maná que Deus enviava ao povo 2 vezes ao dia, enquanto estavam no deserto, após a libertação da escravidão egípcia.

Segundo o relato bíblico, era um alimento que satisfazia examente o que as pessoas desejavam numa comida. Por isso chamado de "pão do céu".


Archivo:Giovanni Battista Tiepolo 021.jpg
Tela de Giovanni Battista Tiepolo
 Hoje ainda fazemos referência ao maná quando nos referimos a algo especial.

Eu já havia dito aqui no blog que amo fazer pão caseiro. Assim foi com essa rosca... receita que eu adorei inventar e mais que isso, adorei saborear: um verdadeiro maná. Quem comeu, aprovou!




Ingredientes


500 gr de batata doce cozida (pode substituir por batatinha ou mandioca)
1/2 copo (americano) de água morna
3 ovos
12 colheres de sopa de açúcar
1/2 copo (americano) de óleo
5 colheres (sopa) de margarina
1 colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) ou 2 tabletes de fermento biológico
farinha de trigo quanto baste
1 xícara de castanhas moídas (usei castanha do pará e amêndoas)


Primeiro cozinhe  a batata doce com casca. Espere esfriar um pouco, descaque e coloque-a no multiprocessador (se usar batatinha ou mandioca, melhor descascar antes).






Adicione os ovos, a margarina, o óleo, sal e 11 colheres de açúcar. Bater até misturar bem, adicionar as castanhas e despejar essa mistura numa bacia grande. Reservar.








Enquanto isso, prepare o fermento para levedar.
Num pote pequeno ou xícara, coloque a água morna (temperatura de mamadeira de bebê) 1 colher de açúcar e o fermento. Mexa delicadamente, tampe e aguarde a fermentação se processar (quando o fermento se dissolver e criar tipo uma esponja).



Adicione essa mistura aos outros ingredientes que estão na bacia, misture delicadamente e vá colocando farinha aos poucos, misturando a cada adição.


















Quando a massa desgrudar do fundo da bacia, transfira para uma bancada e sove até ficar bem homogênea (cuidado para não ficar muito dura, senão a rosca não fica leve).






Deixe na bacia tampada, descansando até dobrar de volume (uns 30/40 min.).




Modele as roscas ou brioches conforme gostar e deixe descansar novamente uns 30 min.
Pincele os pães com ovo batido e coloque para assar em forno moderado pré-aquecido.
























E agora, só esperar assar para convidar os amigos e família para comerem esse manjar (ou maná) dos céus!!!


Brioches

Rosca em trança


0 comentários:

Postar um comentário